Tecnologia em blindagem é garantia de proteção em São Paulo

Assaltos à mão armada! Sequestro! Arrombamentos! Balas perdidas! Infelizmente hoje faz parte do nosso cotidiano nos grandes centros urbanos, tornando-os vítimas indefesas diante dessa violência!

 

Blindagens Glauco Splendore - Splendore Blindagens
 

 

Atualmente o mercado de automóveis tem investido na profissionalização em blindagem de veículos. As empresas especializadas estão investindo em desenvolvimento de pesquisa e tecnologia cada vez mais avançadas na fabricação e materiais de melhor resistência balística para atender às necessidades de proteção aos diversos tipos de armas utilizadas pelos assaltantes. Pensando na sua segurança é que a Revista Taw Jardins convidou um dos mais conceituados empresários deste segmento, e coincidentemente um dos associados da Clube Pinheiros, Sr. Glauco Antonio Splendore, diretor superintendente da Splendore Blindagens – cuja trajetória é marcada por performances de muito sucesso onde atuou ao longo destes 20 anos de experiência.

 

Taw Jardins: Como tem sido sua experiência como empresário de sucesso no ramo automobilístico?

Glauco Splendore: Minha vida profissional iniciou-se aos 16 anos e abri minha primeira loja de automóveis, A Splendore Auto Sporte, que comercializava veículos importados para um seleto grupo de pessoas. No entanto, o meu espírito empreendedor não resistiu a um novo desafio proposto pela Volvo Car do Brasil para implantação desta marca no país. Após este período assumi a diretoria da Mitsubishi Motors incorporando diferencias metodológicos a este mercado. Somadas estas experiências fundamos o Grupo GNN (concessionária das marcas, Volvo, Asia e Peugeot). Então já pensando em segurança, criamos a Splendore Blindagens.

 

Taw Jardins: Como podemos conhecer o nível de resistência balística de uma blindagem?

Glauco Splendore: Os componentes balísticos estão sendo desenvolvidos como tecnologias altamente avançadas. A Blindagem particular oferece diferentes tipos de resistência aos projéteis, seguindo as normas internacionais NIJ 0108.01 (norte-americana) e DIN 52.290-C2 (europeia). Esta resistência é confirmada através de testes realizados pelo H.P.White Laboratory Inc. com todo tipo de calibre em todo material balístico aplicado na blindagem. Baseada nestas normas a Splendore Blindagens utiliza produtos da maior qualidade exigida em suas implantações de blindagem.

 

Taw Jardins: Quais os cuidados que devemos ter ao adquirir uma blindagem?

Glauco Splendore: Precisamos ter bastante o cuidado na aquisição destes serviços, pois estamos analisando não o custo-benefício de uma aquisição qualquer, mas sim o “custo-vida” daquela blindagem. Aconselho os seguintes procedimentos:

  • Verificar o tempo de atuação no mercado da empresa pretendida para prestar esse serviço – atualmente está existindo um “modismo” nesse sentido, e algumas empresas não possuem as condições técnicas necessárias em infraestrutura e mão-de-obra para garantir a sua segurança.
  • Confirmar se a estrutura da empresa é a mais indicada para realizar a blindagem, pois, geralmente, as “maiores do mundo” estão voltadas para blindagens mais pesadas como, por exemplo, veículos militares e de guerrilhas. A nossa realidade é diferente, na blindagem de veículos particulares não podemos desprezar o acabamento final do veículo – na Splendore Blindagens fazemos questão de comparar o veículo original, com o “blindado”, para perceber que a qualidade não é afetada, e ainda o testemunho de satisfação dos clientes atendidos: Como meta temos a máxima popular: “a diferença entre fazer… e fazer bem feito!”.
  • Ao final, precisamos verificar as matérias-primas utilizadas em todas as etapas dos serviços, assim como os avais técnicos e tempo de garantia da blindagem – nossa empresa garante a prestação de serviços do veículo blindado por 3 anos; (a maior do mercado).
  • Se, a aquisição for de “blindagem arquitetônica” o cuidado tem que ser redobrado,” No entanto, neste caso, os itens são tão diversos que não caberiam nesta entrevista…, mas posso ceder-lhes um “esquemático” que trata deste assunto como um todo.

 

Fonte: Revista Taw Jardins
Entrevista Glauco Splendore